Sadalla disponibiliza teleorientação para cuidados oftalmológicos durante a pandemia

O isolamento social, principalmente do grupo de risco, é essencial para evitar o agravamento das consequências do COVID-19. Porém, em muitos casos, os cuidados com a saúde não podem ficar para depois. Levando isso em consideração, recentemente o Conselho Federal de Medicina (CFM) reconheceu a possibilidade de serem adotadas no país, em caráter excepcional, algumas modalidades da telemedicina. De acordo com a entidade, a autorização tem por objetivo proteger tanto a saúde dos médicos como a dos pacientes. A partir desta iniciativa, o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, empresa do Grupo Opty em Joinville (SC), passa a oferecer a opção de atendimento oftalmológico por meio de videoconferência. No atual cenário a plataforma digital é uma aliada fundamental para facilitar esclarecimentos aos pacientes e evitar o deslocamento ao consultório.

A teleorientação oftalmológica prestada pelo Hospital Sadalla auxiliará, inicialmente, nos seguintes casos ou sintomas: suspeita de Conjuntivite, Tersol, sintomas de irritação ocular (olho vermelho, ardência, coceira, sensação de areia), primeira orientação em caso de trauma ocular, baixa súbita de visão ou moscas volantes, hemorragia conjuntival, orientação de lente de contato ou pós-cirúrgico e dúvidas gerais sobre saúde ocular. “O serviço irá ajudar muito também pacientes que tratam doenças crônicas e que precisam de revisão médica para aquisição dos medicamentos com prescrição”, explica o Dr. Renan Ferreira Oliveira, Oftalmologista do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem e Presidente do Comitê de Inovação do Grupo Opty.

O agendamento é pelo whatsapp, de segunda a sexta, das 8h às 18h, no número (47) 99707-0030. Após o agendamento, o paciente receberá uma mensagem de confirmação com seu horário e link para acesso à teleorientação. Poucas horas antes do horário agendado, o paciente receberá outra notificação, alertando para o teleatendimento, que poderá ser realizado em computador ou celular.

Dr. Renan ressalta a importância dessa inovação diante do atual cenário de distanciamento. “Temos muitos pacientes que se enquadram no grupo de risco, como idosos e diabéticos, com isso, o serviço de teleorientação une tecnologia ao atendimento humanizado. Mesmo a distância, os médicos poderão realizar orientação, proporcionando segurança e cuidado com a qualidade e ética do Hospital Sadalla”, destaca.

Picture of Mariana Woj

Mariana Woj

Inquieta, multitarefa, Mariana Woj é jornalista há dez anos, tem um filho e um gato, ama plantas, seriados e eventos sociais. Odeia arquivos em Corel, tem medo de lagartixa e é viciada em pipoca. Sempre gostou de unir as pessoas e proporcionar experiências positivas. Dentro do blog tem como proposta trazer agito e informação, destacando principalmente os eventos que a cidade mais populosa do Estado oferece e colocar em destaque pessoas que fazem acontecer.

Deixe seu comentário

Sobre a Ale Lobo

Alessandra Vieira Lobo é colunista na Revista DUO e Digital Influencer. Assinou diariamente a Coluna Persona, no Jornal Notícias do Dia, de julho de 2009 até dezembro de 2016, foi apresentadora do Programa Espaço News Norte, na Record News.

Posts Recentes

Envie sua mensagem

ou envie um email para

Cadastro realizado com sucesso.

Enviaremos as novas publicações em seu email.

Mensagem enviada com sucesso.

Retornaremos o mais breve possível.