Oftalmologista aponta cuidados com os olhos no verão

Até o final do verão, em março, mais do que pensar em brincadeiras ao ar livre, banhos divertidos de piscina, exposição ao sol, é importante sempre refletir sobre cuidados com a saúde, principalmente com os olhos. Segundo o oftalmologista Dr. Fernando Komatsu, do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, os raios ultravioleta (UVB) estão mais agressivos nesta época e os riscos de queimadura, irritações e doenças infecciosas são mais frequentes.  Diante de algum sintoma, muitas pessoas ficam em dúvida sobre como proceder. Felizmente, esses e outros desconfortos podem ser evitados com alguns cuidados, explica o médico. Confira quais são eles e aproveite os dias quentes.

Opte sempre por óculos com proteção UVA E UVB nas lentes. Dr. Komatsu destaca que usar modelos de óculos de sol sem proteção, além de poder causar desconforto visual e dor de cabeça, podendo também provocar degeneração macular – doença que afeta a parte central da retina, membrana posterior dos olhos onde as imagens são transmitidas para o nervo óptico, e até mesmo catarata. “Em algumas situações não existe tratamento eficaz, portanto a prevenção ainda é o melhor remédio”, aponta.

Caso sinta um cisco no olho, o oftalmologista recomenda evitar coçar, pois há risco de lesões na superfície ocular. “Use um colírio lubrificante e, caso o problema não seja resolvido, o indicado é ir até um pronto-socorro para que o médico remova o cisco com material esterilizado que não exponha o paciente ao risco de infecções”, explica.

Outra consideração, diz respeito às lentes de contato. “Qualquer contato da água do mar e de piscina com as lentes aumentam a probabilidade de irritações e infecções. Em alguns casos as lentes de descarte diário podem ser indicadas, minimizando as chances de complicações. É importante também evitar abrir os olhos dentro da água, e se for mergulhar, não esqueça dos óculos de mergulho”, esclarece Dr. Komatsu. Além disso, por mais cansada que esteja, é importante retirar as lentes antes de dormir. “Durante o sono, o nível de lubrificação dos olhos diminui e as lentes podem ressecar junto com o globo ocular – desencadeando uma série de problemas”.

Com essas dicas simples, mas importantes, o médico acredita que muitos dos problemas que levam às pessoas ao oftalmologista no verão serão evitados. “De modo geral, vale ainda destacar o quanto lavar bem as mãos várias vezes ao dia pode manter longe muitas doenças – principalmente a conjuntivite. Para se ter uma ideia, as bactérias de uma pessoa contaminada podem durar três dias numa só maçaneta – o que aumenta muito as chances de transmitir conjuntivite para outras pessoas”.

Picture of Mariana Woj

Mariana Woj

Inquieta, multitarefa, Mariana Woj é jornalista há dez anos, tem um filho e um gato, ama plantas, seriados e eventos sociais. Odeia arquivos em Corel, tem medo de lagartixa e é viciada em pipoca. Sempre gostou de unir as pessoas e proporcionar experiências positivas. Dentro do blog tem como proposta trazer agito e informação, destacando principalmente os eventos que a cidade mais populosa do Estado oferece e colocar em destaque pessoas que fazem acontecer.

Deixe seu comentário

Sobre a Ale Lobo

Alessandra Vieira Lobo é colunista na Revista DUO e Digital Influencer. Assinou diariamente a Coluna Persona, no Jornal Notícias do Dia, de julho de 2009 até dezembro de 2016, foi apresentadora do Programa Espaço News Norte, na Record News.

Posts Recentes

Envie sua mensagem

ou envie um email para

Cadastro realizado com sucesso.

Enviaremos as novas publicações em seu email.

Mensagem enviada com sucesso.

Retornaremos o mais breve possível.