Entrevista Sala VIP com Fábio Espinosa

Morando há cinco anos em Joinville, o chef de cousine autodidata Fábio Espinosa trabalha no ramo da gastronomia desde os 18 anos de idade.  Depois de passar pela Casa Colnago (uma loja de massas), no Max Wine Bar  (Adega Don Maximiliano)  e posteriormente no D.O.C. Cucina & Co, atualmente é proprietário do Bistro Mamma Lu localizado na Charmosa Otto Boehm. Lá ele oferece ao público uma cozinha autoral, nomeada de cozinha contemporânea, onde a ideia é trabalhar de acordo com os produtos mais frescos encontrados na cidade e região norte do estado, valorizando assim produtos e produtores, evitando ficar preso a cardápios fixos.

Como é o Bistrot Mamma Lu? O ambiente, decorado de forma a proporcionar aos visitantes aconchego e conforto, possui quadros autografados pelo artista joinvilense Juarez Machado, paredes com toques de ouro, além do clássico piano. As louças são de fina prata e as taças de puro cristal. A cozinha também está equipada com o que há de melhor, o que faz com que o Bistrot não fique devendo em nada aos principais restaurantes do País.
Por que escolheu ser chef de cousine? Amo o que faço e só sei fazer isso. Cozinhar é tudo pra mim, meu vício, meu prazer, meu refúgio, onde eu encontro espaço pra colocar as minhas ideias, onde eu sou feliz! A gastronomia é encantadora, ainda mais quando tomamos consciência do dom de servir. Fazer comida é um compromisso mais do que sério, pois preparamos algo que vai para dentro do organismo das pessoas. Precisamos fazer o melhor e com muita responsabilidade.
Por que investir num restaurante em Joinville?O Mamma Lu é como uma linda mulher, chama atenção aonde for, em Joinville, São Paulo, Belém, Tóquio, Madri..O Mamma Lu pela sua onipotência se encaixaria em qualquer lugar do mundo, pelo seu requinte, pelo seu charme, pelos seus detalhes e pela sua fantástica cozinha.

Qual o seu diferencial? A cozinha do Mamma Lu é autoral, não sendo fiel a nenhum princípio, apenas ao sabor, portanto são pratos de personalidade mutante.

De onde vem a inspiração para elaborar os pratos? A inspiração surge de qualquer coisa, porque nós vivemos da gastronomia, pode surgir a qualquer momento.

Qual a especialidade do Bistrot Mamma Lu? Não existe um prato que é marca ou sucesso. No Mamma Lu ao contrário de muitos restaurantes, não se frequenta o prato, mas sim a casa. As pessoas vêm ao Mamma Lu em busca do novo. Nosso único compromisso é cozinhar com vontade e entusiasmo. Então o cliente vai perceber que é um prato pensado por pessoas que respeitam o produto.

O que gosta de fazer nas horas livres? Bom eu não tenho horas livres, trabalho 16 horas por dia, diariamente de segunda a segunda, e folgo somente sete dias por ano. Trabalho inclusive em feriados e datas cristãs.

Quais os seus planos para o futuro? Quanto ao futuro não faço planos, vivo um dia após o outro, a vida é muito dinâmica  e por isso não é bom fazer planos.
Alessandra Lobo

Alessandra Lobo

Alessandra Vieira Lobo possui larga experiência no colunismo social por ter trabalhado ao lado do pai, o colunista, João Carlos Vieira (in memoriam), de 2001 a 2007, no Jornal A Notícia. Assinou diariamente a Coluna Persona, no Jornal Notícias do Dia,  de julho de 2009 até dezembro de 2016, foi apresentadora do Programa Espaço News Norte, na Record News, é colunista na Revista DUO,  e Digital Influencer no Instagram @alelobo

Deixe seu comentário

Sobre a Ale Lobo

Alessandra Vieira Lobo é colunista na Revista DUO e Digital Influencer. Assinou diariamente a Coluna Persona, no Jornal Notícias do Dia, de julho de 2009 até dezembro de 2016, foi apresentadora do Programa Espaço News Norte, na Record News.

Posts Recentes

Envie sua mensagem

ou envie um email para

Cadastro realizado com sucesso.

Enviaremos as novas publicações em seu email.

Mensagem enviada com sucesso.

Retornaremos o mais breve possível.