SKOL convoca marcas a se unirem pela causa LGBTQ+

Campanha #MarcasAliadas já conta com Burger King, Bis, Trident e quem disse, berenice?

SKO. É assim, sem o “L”, que o consumidor de SKOL vai ler o nome da marca nas suas redes sociais em junho. A “perda” de uma letra pode soar como um ato simples, mas vai além de uma mera mudança de design. Patrocinadora da Parada do Orgulho LGBT em São Paulo pelo terceiro ano seguido, a cerveja vai doar a letra que fecha seu nome e que inicia a sigla, para chamar atenção para a importância das diversas comunidades e também dos aliados à causa.

Para amplificar essa conversa, SKOL convidou outras marcas, que também acreditam na construção de uma sociedade que valoriza o respeito, a igualmente doar parte de seus nomes para a causa. Juntas elas formarão a sigla LGBTQ+. Burger King com o “G”, Bis com o “B”, Trident com o “T” e quem disse, berenice?, com o “Q” são as primeiras parceiras nesta ação que não é apenas simbólica: todas as marcas aliadas farão doações reais a quatro instituições que fazem a diferença e ajudam de fato na luta pelos direitos LGBTQ+, como Casinha, Todxs e os coletivos Não Desculpo e Transformação.

Outras #MarcasAliadas que também quiserem doar para essas instituições e se tornarem parceiras desse movimento podem procurar SKOL pelo site www.marcasaliadas.com.br ou nas páginas da cerveja no Twitter ou Facebook até o dia 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBT. Não há um limite para marcas que queiram se aliar: quanto mais empresas se juntarem, melhor. Ao fim da campanha, todo o valor arrecadado pelos aliados será dividido entre as quatro instituições parceiras.

Fabio Melo (Bis)_Julia Salgado (Trident)_Daniel Feitoza (SKOL)_Thais Nicolau (BK) e Alvaro Garcia (QDB)Cred Felipev2

Fabio Melo (Bis), Julia Salgado (Trident), Daniel Feitoza (SKOL), Thais Nicolau (BK) e Alvaro Garcia (QDB)