Nomes de peso na Feira do Livro

Cultura indígena

Cristino Wapichana

Entre tantas e diversificadas atrações, a Feira do Livro de Joinville traz logo no começo da sua programação, dias 8 e 9 de junho, um dos mais influentes e atuantes artistas indígenas do Brasil, Cristino Wapichana, para falar do tema “O que vocês conhecem do indígena brasileiro?”.

Natural de Boa Vista (RR), além de escritor e contador de histórias, Cristino também é músico, compositor e cineasta, tendo acumulado vários prêmios nacionais nessas áreas. Com projetos como “Leve um Escritor Indígena na sua Escola”, “Indígenas” e o “Encontro de Escritores e Artistas Indígenas – este com outro grande nome da cultura indígena, Daniel Mundurucu – o artista teve inclusive o reconhecimento nacional, com a indicação ao Prêmio da Ordem do Mérito Cultural, da Presidência da República.

 

Luiz Bras

Luiz Brás

Outro nome de peso que desembarca na 14ª Feira do Livro, nos dias 13 e 14 de junho, é Luiz Brás, um dos mais importantes e talentosos críticos e escritores brasileiros. Nos livros, apresenta-se por meio dos heterônimos Valério Oliveira (quando faz poesia) e Nelson de Oliveira e Teo Adorno (quando ilustra). Luiz produz ensaios, contos e romances, além de diversas obras infanto-juvenis.

 

  • A 14ª Feira do Livro de Joinville ocorrerá de 8 a 18 de junho, no Expocentro Edmundo Doubrawa – Centreventos Cau Hansen, em Joinville, com entrada gratuita. Mais informações em feiradolivrojoinville.com.br/2017