Adria Santos inaugura instituto que promove esporte e cidadania

Adria Santos, maior atleta paralímpica brasileira, com 13 medalhas conquistadas entre 1988 e 2008, inaugurou na quinta-feira, 11 de agosto, o Instituto Adria Santos, um projeto que fomenta gratuitamente o esporte e a cidadania para crianças e adolescentes com idade entre seis e 12 anos, com e sem deficiência visual, estudantes de escolas municipais e estaduais de Joinville.

O Instituto Adria Santos foi concebido com o objetivo de transformar a realidade de crianças e adolescentes. A proposta é de promover a inclusão por meio do atletismo e do desenvolvimento de atividades lúdicas e educativas, além de promover a autonomia, o aprendizado pelo convívio em equipe, a valorização das diferenças e o respeito à diversidade. “Queremos atuar na formação de cidadãos que nos orgulhem em todos os âmbitos das suas vidas”, ressalta a velocista Adria Santos. 

As aulas ocorrerão no contraturno escolar, de segunda a quinta-feira, com as atividades de atletismo na pista da Univille, no bairro Bom Retiro, em Joinville. Em dias de chuva, o ginásio de esportes abrigará os miniatletas. Crianças que tenham irmãos que vão participar das aulas, mesmo que tenham faixa etária diferente, poderão treinar no mesmo horário para facilitar a logística dos pais.

Por que a escolha por Joinville

A explicação para a escolha de Joinville como sede do Instituto Adria Santos é simples. “Joinville sempre foi um celeiro e já revelou estrelas do atletismo nacional. Além disso, a cidade me recebeu com todo o carinho quando me mudei com a minha família. Sempre fui muito amada e respeitada aqui. Aprendi muito e quero transformar a realidade das crianças, para que elas possam levar os aprendizados aos seus e tornar nossa cidade ainda melhor para se viver e ainda mais cidadã”, explica a tetracampeã paralímpica.

Realização de um sonho

Para Adria, poder fazer algo para as crianças e multiplicar tudo o que aprendeu no esporte paralímpico é um sonho que agora está realizando. “Sempre quis demonstrar a minha metodologia de treinos, aliar o esporte à cidadania e à transformação da realidade. Felizmente, encontrei o Banco BV, um parceiro que tornou este sonho realidade. Eles confiam na força do esporte como elemento para fazer a diferença na vida das pessoas e para gerar valor para a sociedade”, ressalta a medalhista paralímpica. 

1 2