Marca Claire Juliani se reinventa e atrai outros modelos de negócios

Para quem acompanha a cena da moda joinvilense, o nome Claire Juliani soa familiar. Autoditada começou no mundo da moda por paixão e, pode-se dizer, ganhou de herança o dom. Filha de costureira cresceu brincando com carretéis de fios e ouvindo o som da máquina de costura. Neste ano, a estilista realinha a forma de atuação do seu negócio para se diferenciar no mercado.

Conjunto da coleção La Vita Che Fai

Conjunto da coleção La Vita Che Fai – Fotos Camila Petry

Adepta da filosofia slow fashion, Claire Juliani produz roupas em alfaiataria, de forma artesanal, o que torna suas criações únicas e sem a pressão de seguir qualquer tendência. Com o proposito de ampliar o alcance de sua oferta ao público, a marca anunciou neste mês algumas mudanças. A primeira novidade é uma parceria com a conceituada loja multimarcas Princesa para venda das suas criações. A empresária optou por fechar sua loja própria e, a partir de outubro, os clientes da Princesa vão poder conferir peças das duas últimas coleções lançadas neste ano: “La Vita Che Fai” e “O Blues é uma mulher”. 

Além disso, resgatando sua essência e buscando estar mais próxima das suas clientes, Claire lança o serviço de Home Stylist, onde ela se desloca até o endereço (casa ou trabalho) para disponibilizar um atendimento de estilista, proporcionando ainda mais exclusividade e personalização na criação de suas peças.

Representando todo esse momento, a marca ganha também uma nova identidade visual, criada para refletir a inovação da empresa e emoção a seu público. A nova identidade visual possui um novo logotipo que apresenta linhas mais simples e ângulos mais marcados para refletir o espírito progressista da Claire Juliani.

“Inovar é fundamental, estou confiando nas minhas asas e sou muito grata por esse novo momento que minha marca está vivendo. São novos caminhos que vem para fortalecer e que me dão a oportunidade de surpreender cada vez mais mulheres com minhas peças”, destaca Claire Juliani.