Entrevista Sala VIP com Josane Muriel

IMG_9503

Apesar de ser natural de Braço do Norte, a consultora de estilo Josane Muriel de Souza já se sente uma genuína joinvilense, pois mora na terrinha desde os dois anos de idade. Formada em Direito, Publicidade e Propaganda e em Consultoria de Estilo através do curso de Ilana Berenholc, em São Paulo/SP, Josane cursou ainda Direção de Criação para Design de Moda, na Orbitato, em Pomerode/SC. Muito comunicativa e animada, e altamente ligada ao mundo da moda, Josane nos conta aqui um pouco sobre sua carreira e vida pessoal.

 

Como foi o início de sua carreira até os dias de hoje? Desde criança me interessava muito por moda. Desfiles, revistas, televisão. E apesar de ter seguido carreiras diferentes, a moda continuava sendo uma constante na minha vida. Até que num determinado ponto a escolha pareceu totalmente natural. Busquei especializações na área de consultoria de estilo e em 2010 criei a Chiqueria, empresa focada em imagem pessoal, onde ajudo as clientes a encontrarem o seu próprio estilo. Além disso, ajudo as mulheres na hora de se vestir para uma ocasião específica, arrumar a mala para uma viagem especial e faço produções de moda. A Chiqueria também ganhou um blog (www.chiqueriaestilo.com.br), onde as mulheres encontram dicas sobre o universo da moda.

 

E como é o trabalho de uma consultora de estilo? O trabalho de uma consultora de estilo, pra maioria das pessoas, é basicamente ajudar sua cliente a se vestir melhor. Mas vai muito além disso. Consultoria é trabalhar a autoestima, é aprender a se gostar, a mostrar pro mundo seu estilo e a forma como deseja ser vista.

 

Você acha que devemos seguir a risca as tendências lançadas no mercado? Como dizia Chanel, “a moda passa, o estilo permanece”. A moda hoje é totalmente democrática. Por isso, não importa a época, o que está ou não se usando no momento. O que vale mesmo é vestir aquilo que faz a gente feliz, que a faça a gente se sentir bonita, sempre.

 

 Como podemos aproveitar peças de outras estações? Hoje em dia, o guarda-roupa já não é mais tão segmentado como antigamente – até porque quando saímos de casa não sabemos as estações que vamos encontrar ao longo do dia. Por isso cardigans e casacos levinhos dos dias mais fresquinhos podem ser usados para criar sobreposições interessantes nos dias quentes em que o ar condicionado incomoda. Assim como as saias leves do verão não fazem feio acompanhadas de meias opacas no inverno.

 

O que está em alta para o outono/inverno 2014? As estampas de bicho, os metalizados, a alfaiataria, as transparências, o xadrez, o branco, o couro. E isso são apenas algumas das inúmeras tendências que vêm por aí.

 

O que gosta de fazer nas horas livres? Gosto de ler, viajar e fazer qualquer coisa ouvindo música, adoro.

 

Qual é o seu maior desejo na vida pessoal e na vida profissional?

Ser feliz. Tanto em uma esfera quanto na outra, o que me guia sempre é a busca pela felicidade.